MS: projetos do PAA recebem recursos de mais de R$ 3,7 milhões em 2020

Autor: CONAB - COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO

27.01.2021

A comercialização dos produtos da agricultura familiar no estado de Mato Grosso do Sul esteve garantida em 2020, quando foram gastos mais de R$ 3,7 milhões somente no apoio aos projetos do Programa de Aquisição de Alimentos na modalidade de Compra com Doação Simultânea (PAA/CDS), executado, no estado, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em parceria com o Ministério da Cidadania. O investimento foi feito com a abertura de crédito extraordinário para a operacionalização do programa.

O montante contemplou 477 famílias de pequenos agricultores sul-mato-grossenses, em sua maioria mulheres ( 76, 53%), vinculados a  37 organizações  de agricultura familiar nos municípios de Bandeirantes, Brasilândia, Campo Grande, Douradina, Dourados, Glória de Dourados, Iguatemi, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Ponta Porã, Rio Brilhante, Sidrolândia, Sonora, Terenos e Três Lagoas.

Com a realização dessas operações no ano passado, será possível entregar mais de 1,47 mil toneladas de alimentos ao longo deste ano, para a rede socioassistencial do estado. A doação simultânea dos produtos irá reforçar a alimentação de aproximadamente 47 mil famílias que se encontram em situação de risco nutricional e insegurança alimentar, assistidas pelos Centros de Referência de Assistência Social municipais (Cras), Sesc, Banco de Alimentos, Hospitais, Escolas, Asilos, Orfanatos, Grupos de apoio entre outros. 

Doação de cestas – Famílias quilombolas, comunidades indígenas e mulheres em situação de risco de violência doméstica também foram beneficiadas em outro programa da Conab, de distribuição de cestas de alimentos. Esses grupos receberam mais de 1,58 mil toneladas de produtos em ação desenvolvida pela Conab ao longo de 2020. A operação foi realizada por meio de TEDs firmados com o Ministério da Cidadania (MC) e com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), para o atendimento emergencial a pessoas em risco alimentar agravado pela COVID-19. Ao todo, foram entregues  aproximadamente 72 mil cestas de alimentos em 36 municípios do estado. O recurso aplicado pelos ministérios na operação foi de R$ 5,7 milhões.

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99117-1649

© 2018 BANDEIRANTES NEWS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: