Campo Grande: Indígenas ocupam prédio da Funai

Otoniel afirmou que o local da entrada de funcionários está desobstruída. “Sabemos da importância do órgão e nunca impediríamos eles de trabalhar".

Autor: Comunicação Bandeirantes News

02.04.2018

O prédio da Coordenação Regional da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Campo Grande, foi ocupado por ao menos 40 indíginas, na manhã desta segunda-feira (2), que reivindicavam o afastamento do atual coordenador do orgão e ex-assessor do deputado federal Carlos Marun (MDB), Paulo Rios Júnior. 

Um dos portas-vozes das 12 aldeias e 6 mil famílias, Otoniel Gabriel, disse que o coordenador é "uma pessoa sem conhecimento da nossa causa, de difícil diálogo. Nosso objetivo é fazer com que nos escutem".

O protesto se deu por volta das 7h30 e é encabeçado por famílias indígenas da região de Sidrolândia e Dois Irmãos do Buriti. Na ocupação, o atual coordenador regional, Paulo Rios, afirma que foi agredido ao chegar no prédio. Por outro lado, os índios negam as agressões e afirmam que o coordenador se jogou na rua.


Otoniel afirmou que o local da entrada de funcionários está desobstruída. “Sabemos da importância do órgão e nunca impediríamos eles de trabalhar".

Uma viatura da Polícia Militar acompanha o protesto. A liderança do movimento afirma que o prédio só será liberado depois que a reivindicação de trocar a coordenação estadual for atendida por Brasília (DF).

Voltar ao Topo
NOTÍCIAS Sobre

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99117-1649

© 2018 BANDEIRANTES NEWS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: